Um outro mundo é possível? Os alunos buscam respostas

UNESCO: educação para todos

Imprimir

A UNESCO é um organismo especializado do sistema das Nações Unidas. A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) fundou-se a 16 de Novembro de 1945 com o objecivo de contribuir para a paz e segurança no mundo mediante a educação, a ciência, a cultura e as comunicações.

TAREFAS

Dedica-se, entre outras tarefas, a orientar os povos numa gestão mais eficaz do seu próprio desenvolvimento através dos recursos naturais e dos valores culturais, com a finalidade de obter o maior proveito possível da modernização, sem que por isso se percam a identidade e diversidade culturais.
Na educação, este organismo atribui prioridade ao êxito da educação elementar adaptada às necessidades atuais. Colabora, entre outros, com a formação de docentes e administradores educacionais e dá alento à construção de escolas e à dotação de equipamento necessário para o seu funcionamento.

As atividades culturais procuram a salvaguarda do património cultural mediante o estímulo da criação e a criatividade e a preservação das entidades culturais e tradições orais, assim como a promoção dos livros e a leitura.

Em matéria de informação, a UNESCO promove a livre circulação de ideias por meios audiovisuais, fomenta a liberdade de imprensa e a independência, o pluralismo e a diversidade dos meios de informação, através do Programa Internacional para a Promoção da Comunicação.

ONDE FICA

Tem a sua sede em Paris, França.

OBJETIVO PRINCIPAL

Seu principal objetivo é reduzir o analfabetismo no mundo. Para isso a UNESCO financia a formação de professores, uma de suas atividades mais antigas, e cria escolas em regiões de refugiados.

COMO COMEÇOU / BREVE HISTÓRICO

Fundou-se a 16 de Novembro de 1945

A primeira Conferência Geral aconteceu entre 19 de novembro a 10 dezembro de 1946, e elegeu o Dr. Julian Huxley para o cargo de Diretor-Geral. A Constituição foi alterada em novembro de 1954, quando a Conferência Geral decidiu que os membros do Conselho Executivo seriam representantes pelos governos dos Estados, e não pelos interesses pessoais

RESULTADOS OBTIDOS ATÉ AGORA

A UNESCO promove a livre circulação de ideias por meios audiovisuais, fomenta a liberdade de imprensa e a independência, o pluralismo e a diversidade dos meios de informação, através do Programa
Internacional para a Promoção da Comunicação.

DIFICULDADES

Entre as principais realizações da Organização é o seu trabalho contra o racismo, com declarações e discursos feito pela organização, e concluindo com a Declaração de 1978 sobre a Raça e o Preconceito Racial. Em 1956, a África do Sul se retirou da UNESCO, alegando que algumas das publicações da Organização ascenderam a "interferência" nos "problemas raciais" do país. A África do Sul voltou a ser membro da Organização em 1994, na presidência de Nelson Mandela.

PLANOS FUTUROS

A missão da UNESCO é contribuir para a "construção da paz", reduzindo a pobreza, promovendo o desenvolvimento sustentável e o diálogo intercultural, através da educação, ciências, cultura, comunicação e informação. A Organização concentra, em particular, duas prioridades globais: África e igualdade de gênero.
Outras prioridades da Organização incluem a busca da qualidade da educação para todos e da educação continuada, buscando novos desafios éticos e sociais, promovendo a diversidade cultural, construindo sociedades de conhecimento inclusivo através da informação e comunicação.

UTOPIA

Através de uma educação de qualidade, daqui a alguns anos teriamos culturas mais liberais, o que ajudaria e muito na busca da paz mundial. Mas esta utopia não tem necessariamente um nome. As atividades realizadas pela UNESCO são importantes pois fazem com que cada vez mais nos identifiquemos como seres humanos, abolindo praticas que nao convem com nossa especíe e aderindo outras que condizem com um pensamento mas consciente.

ANÁLISE

A UNESCO é a principal responsavel pela diminuição dos indices de analfabetismo e violência em todos os paises, alem de contribuir tambem para a melhora no ranking de IDH dos paises subdesenvolvidos.
Porém ainda há muito a ser feito. A UNESCO, particularmente, devido a sua proposta e sua dimençao, a UNESCO deveria ser mais afetiva do que ela é realmente na prática. Muito se dá pela burocracia que existe para se realizar qualquer ação e pela própria corrupção que existe neste sistema.
As ações e realizaçoes só são efetivas quando saão de interesse comum. Precisa-se combater a corrupçao neste sistema, conscientizar a todos de que essas ações sao importantes, logo, do interesse de todos e as ações precisam ser mais diretas, rapidas e praticas.
Mesmo assim é muito admiravel que a UNESCO tenha conseguido realizar todos esses feitos em apenas 70 anos.

Para a realização deste trabalho e deste tipo de análise e pensamento, foi necessário e essencial a educação e os conhecimentos adquiridos durante o ensino médio no equipe, voltados para o pensamento crítico e formulação de hipóteses. Sem este tipo de pensamento, minha ideia de utopia seria exatamente o exemplo dado na proposta de trabalho, como frases ingênuas ou vagas do tipo "queremos um mundo onde todo mundo tenha tudo", "onde todos sejam sempre felizes", "acredito que o mundo ideal é o do desenvolvimento sustentável", etc. O que influenciou neste trabalho foi os valores que adquiri com minha experiência no Ensino Médio. Porém, gostaria de ter visto durante estes três anos dados estatísticos, para melhor analisar as situações dos países.

 

Referências:

http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/

http://www.brasilescola.com/filosofia/utopia.htm

http://www.educacao.sp.gov.br/

http://www.onu.org.br/onu-no-brasil/unesco/

http://www.serprofessoruniversitario.pro.br/módulos/universidade-no-brasil/conclusão-da-unesco-sobre-educação-brasileira

Última atualização em Dom, 11 de Agosto de 2013 20:59  


Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

Como as interações ecológicas do homem são permeadas pela sua cultura?

Trabalhos Escolares
Com o aumento da população humana que vem ocorrendo pelo menos nos últimos 3 mil anos, o número de parasitas como carrapatos e bichos de pé, assim como o de muitos vírus e bactérias, sendo que...(22321)

O Sistema de saúde Universal Gratuito - França, Reino Unido e Cuba

Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas
"A possibilidade de um mundo diferente está nas mãos do homem, portanto dele depende aceitar, corrigir, mudar e criar políticas que defendam uma sociedade menos decadente, e sim mais igualitár...(22296)

As clínicas de aborto na Holanda

Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas
No século XX alguns países legalizaram o aborto, como a Holanda, a URSS e a Suécia. A Alemanha nazista também legalizou o aborto para as mulheres que eram consideradas "hereditariamente doente...(18141)

Melancia sem sementes: Para quê e para quem?

Trabalhos Escolares
Nessa lógica é que encontramos um paradoxo entre o que a ciência se proporia em sua essência, e a maneira pela qual a ciência e a tecnologia foiram apropriadas por aqueles que concentram em su...(15812)

A Biologia das Embalagens - análise da embalagem de Sucrilhos Kellogg’s

Trabalhos Escolares
Os valores nutricionais tornam-se um artifício cientifico para atrair mais consumidores ao produto em questão. As embalagens não comportam mais o objetivo inicial de comunicar informações nutr...(12813)