Um outro mundo é possível? Os alunos buscam respostas

Movimento Jovem Consciente/ Projeto Treme terra

Imprimir

Alunos:
Pedro Arneiro
João Goldenstein
Gabriel Abramovay

INFORMAÇÕES GERAIS

Atualmente, o Movimento Jovem Consciente, através do Projeto Treme Terra realiza "oficinas e atividades formativas, esportivas, artísticas, recreativas e educacionais, articulando atores sociais (artistas, educadores, profissionais informais, psicólogos, cineastas etc.)", com o intuito de "preservar a integridade moral e física dos cidadãos, principalmente de crianças e adolescentes" da comunidade do Morro Querosene. O objetivo do Movimento Jovem Consciente e do Projeto Treme Terra é "complementar a formação educacional e cultural do jovem para que esse possa desempenhar com dignidade seu papel de cidadão."

Existe uma série de aulas gratuitas e outras com um custo baixo, além de atividades e oficinas abertas a toda comunidade propondo, na prática, o conceito de educação continuada, possibilitando o aprendizado a partir da troca e da convivência nesse contexto.

Local: Treme Terra, Rua Padre Justino, 653 - Morro do Querosene - Butantã;
Responsáveis
: São responsáveis atualmente João Nascimento como Presidente, Leandro Vieira da Conceição como Vice-presidente e Alexandre Alves Reis Santos como Tesoureiro;
Contato: 3721-2577, www.jovemconsciente.org.br

CONHECENDO A PROPOSTA

No Projeto Treme Terra desenvolvem-se as seguintes atividades: Dança Afro, Danças Brasileiras (Tambor de Criola), Capoeira, Informática e Cidadania, Jiu-jitsu, Massagem Thai, Muay Thai e Percussão. Com exceção de Danças Brasileiras (Tambor de Criola), Informática e Cidadania, Massagem Thai e Percussão, dependendo do horário, todos os outros cursos são gratiutos. E apenas o curso de Massagem Thai não possui nenhum horário gratuito.

Essa prática se iniciou  em 6 de fevereiro de 2000 com o surgimento do Movimento  Jovem Consciente que surgiu da necessidade de organização e busca de alternativas que "preservassem a integridade moral e física dos cidadãos, principalmente das crianças e adolescentes." Essa iniciativa se deu a partir dos jovens do Morro do Querosene "descontentes com a situação sem perspectiva da juventude da periferia de São Paulo." Desde de 2006, com o financiamento da Petrobras, entre outras parcerias, é adquirido o espaço em que se desenvolve o Projeto Treme Terra onde se concentram, atualmente, a maior parte das atividades e oficinas desenvolvidas. A existência do espaço depende da  renovação anual do contrato com a Petrobras. Caso essa renovação ocorra após seis mesmes do previsto, o projeto pode perder sua estabilidade econômica, sugeitos ainda às consequências indefinidas da crise econômica atual.  Nesse momento, busca patrocínios de empresas privadas como precaução ao imprevisto.

Além das parcerias, os recursos materiais tem origem, sobretudo, no patrocínio da Petrobras. Trabalham em colaboração "atores sociais (artistas, educadores, profissionais informais, psicólogos, cineastas etc.) da comunidade do Morro do Querosene" que participam das atividades e oficinas articulando-as a todos.
Houve uma grande diminuição da violência entre as comunidades periféricas locais, através do incentivo a práticas contrutivas, como lazer, cultura, educação e esportes.

 

DISCUSSÃO

Uma sociedade mais integrada com  maiores possibilidades de troca entre as pessoas, dando origem a uma aprendizagem conjunta e a uma construção de processos formativos através da convivência. Essa integração provoca um maior contato e conhecimento a respeito do coletivo no qual estamos inseridos, o que pode facilitar também na resolução de problemas tanto particulares quanto coletivos, na medida em que há uma noção mais apropriada da realidade cotidiana de cada um.

Escolhemos o Movimento Jovem Consciente e o Projeto Treme Terra, pois sua influência na comunidade do Morro do Querosene se aproxima muito da idéia de integração  coletiva através da convivência gerando bem-estar-social.

Apos fazermos a entrevista descobrimos que os principais problemas do projeto são: a falta de respeito da parte de alguns jovens em relação ao espaço , com alguns pequenos furtos e objetos quebrados; também há o problema da falta de reconhecimento de alguns moradores da comunidade que, de certa forma, questionam a qualidade dos cursos oferecidos pelo projeto, assim, preferindo algumas vezes optar por cursos particulares em vez de freqüentar o projeto que, além de ser gratuito, foi criado inicialmente para os moradores da comunidade.

Alem disso um problema inesperado surgiu no segundo semestre desse ano. A crise econômica mundial pois, já que o projeto é sustentado diretamente pela  Petrobras  ele corre um grande risco de perder o patrocínio por causa de ações econômicas. Entra aqui uma discussão proposta pelo próprio entrevistado, que nos introduziu a idéia de febre de empreendimentos, pois hoje em dia ao se patrocinar algum projeto espera-se que haja algum tipo de retorno material. Mas, no caso do projeto Treme Terra o produto é social e não material. Esse retorno não é diretamente palpável o que não dá uma garantia evidente do trabalho realizado sem o contado direto da Petrobras com os alunos do projeto.

Achamos admirável a boa vontade e a dedicação em relação a continuidade do projeto e a força de vontade de criar cursos de real qualidade para uma comunidade carente.

Em biologia, estudamos os conceitos de visão sistêmica e desenvolvimento sustentável, além de outros conceitos estudados em outras áreas como os conceitos de carêcias radicais, praxis no cotidiano, de Agnes Heller;  alienação do trabalhador, de Karl Marx; e necrofilia e biofilia, de Frommer.

Com esse trabalho pudemos ver que as carências que nos afetam (uma convivência construtiva com a sociedade, renegando a situação necrófila em que esta se vê inserida e exaltando uma pratica biófila na convivência. Tendo como principio da prática a troca de visões de mundo e conhecimentos entre as pessoas, e que essas se organizem em função de uma construção saudável e feliz do espaço em que se encontram, visando uma organização local e mutua em contraponto a adoração de valores introjetados por um mecanismo manipulativo das classes altas, pelo qual muitas pessoas acabam procurando a felicidade em coisas distantes enquanto ela pode estar bem mais próxima), não são particulares. O belíssimo sentimento de amor à vida e não à violência que motivou o projeto a ser criado é uma coisa um tanto rara de se ver, mas aprendemos que ela existe, e que os meios que mais possibilitam esse movimento são justamente os mais carentes de uma identidade própria.

4- REFERÊNCIAS

- www.jovemconsciente.org.br
- Entrevista com Ronaldo, 26, um dos fundadores do Movimento Jovem Consciênte e que trabaha atualmente na admnistração do Projeto Treme Terra.

 


Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

Como as interações ecológicas do homem são permeadas pela sua cultura?

Trabalhos Escolares
Com o aumento da população humana que vem ocorrendo pelo menos nos últimos 3 mil anos, o número de parasitas como carrapatos e bichos de pé, assim como o de muitos vírus e bactérias, sendo que...(22322)

O Sistema de saúde Universal Gratuito - França, Reino Unido e Cuba

Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas
"A possibilidade de um mundo diferente está nas mãos do homem, portanto dele depende aceitar, corrigir, mudar e criar políticas que defendam uma sociedade menos decadente, e sim mais igualitár...(22297)

As clínicas de aborto na Holanda

Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas
No século XX alguns países legalizaram o aborto, como a Holanda, a URSS e a Suécia. A Alemanha nazista também legalizou o aborto para as mulheres que eram consideradas "hereditariamente doente...(18143)

Melancia sem sementes: Para quê e para quem?

Trabalhos Escolares
Nessa lógica é que encontramos um paradoxo entre o que a ciência se proporia em sua essência, e a maneira pela qual a ciência e a tecnologia foiram apropriadas por aqueles que concentram em su...(15814)

A Biologia das Embalagens - análise da embalagem de Sucrilhos Kellogg’s

Trabalhos Escolares
Os valores nutricionais tornam-se um artifício cientifico para atrair mais consumidores ao produto em questão. As embalagens não comportam mais o objetivo inicial de comunicar informações nutr...(12814)