Quem somos : :
Rizoma

"Um rizoma não começa nem conclui, ele se encontra sempre no meio, entre as coisas, inter-ser, intermezzo."

Gilles Deleuze e Felix Guattari, Mil Platôs



Das rizocárpicas à dinâmica intercultural

Imprimir

Mais uma bela frase sobre os "rizomas vegetais" que pode ser fértil para a imaginação dos "rizomas metafóricos". O Brasil é o país do rizoma cultural...

Rizocárpica é o nome que se dá ao "vegetal cujas partes subterrâneas emitem anualmente brotos na superfície". Esta pode ser uma metáfora para representar as intenções do processo de cooperação científica que se começou a construir entre o Instituto de Etnologia e Antropologia Cultural da Universidade dos Estudos de Perúgia (Itália) e do Núcleo Mover do Centro de Educação da Universidade  Federal de Santa Catarina (Brasil), no sentido de contribuir para o desenvolvimento de práticas de educação intercultural.

Última atualização em Ter, 01 de Setembro de 2009 23:01 Leia mais...
 

Rizoma é um sistema aberto (Deleuze e Guattari)

Imprimir

Afinal de contas, o que é um rizoma? Como um caule de planta pode nos ajudar a pensar o mundo moderno e a educação? Coloco abaixo mais um interessante trecho de Deleuze sobre este conceito, em entrevista publicada no jornal "Liberácion", em 23 de outubro de 1980:

Última atualização em Sáb, 24 de Dezembro de 2011 13:10 Leia mais...
 


Página 1 de 2


Palavras-chave relacionadas


Estudar filosofia é importante para ser um cidadão?
 

Selecione uma palavra-chave