Brasil no PISA 2012: ainda há muito a ser feito, mas melhora é visível

Imprimir

Acabaram de sair os resultados do PISA 2012, o mais conhecido exame internacional de educação, que avalia as habilidades em Matemática, Leitura e Ciências. Embora ainda esteja com resultados bem abaixo dos países desenvolvidos, o Brasil está entre os que mais melhorou a educação desde 2003.

Como de praxe, a grande mídia se limita a dizer que o Brasil continua entre os últimos lugares do ranking (digo isso com base em dois telejornais que acabei de assistir, então posso estar generalizando demais – os próximos dias dirão). Insistimos em olhar, por preguiça ou por afeição às competições esportivas, as informações mais superficiais – como a posição no ranking – ao invés de perder (ou ganhar) alguns minutos procurando compreender as coisas e aproveitar melhor as informações disponibilizadas pelos testes.

Para ajudar o leitor mais curioso e cuidadoso, listo abaixo as principais conclusões do PISA em relação ao Brasil. Destacamos que, segundo o exame, embora ainda haja muito o que fazer, o país tem melhorado bastante em termos de educação em quase todos os parâmetros, com exceção da alta taxa de repetência.

NOTA: algumas questões técnicas relacionadas ao PISA no Brasil estão sendo discutidas por especialistas no blog do Simon Schwartzman. Ele próprio começou questionando a diferença entre matemática e as outras notas (http://www.schwartzman.org.br/sitesimon/?p=4723&lang=pt-br). Depois, João Batista de Araújo levanta a hipótese de haver um "erro" amostral (http://www.schwartzman.org.br/sitesimon/?p=4739&lang=pt-br). Em seguida, Francisco Soares mostra alguns dados refutando essa hipótese, mas levanta outra questão problematizando a rápida melhora do Brasil em matemática (href="http://www.schwartzman.org.br/sitesimon/?p=4765&lang=pt-br)

 


 

Principais conclusões do PISA 2012 em relação ao Brasil

(tradução livre do texto da OCDE)

• Embora o Brasil ainda esteja abaixo da média dos países desenvolvidos, foi o país que mais melhorou a média em matemática desde 2003. Em leitura e ciências também houve melhora significativa;

• Melhorias foram particularmente intensas entre os que apresentaram baixo desempenho;

• O Brasil também expandiu a adesão às escolas de Ensino Fundamental e Médio desde 2003, indo de 65% a 78% nos alunos de 15 anos;

• O clima de aprendizagem também melhorou, assim como a capacidade das escolas de atrair bons professores;

• Altas taxas de repetência ainda são encontradas em todo Brasil, especialmente entre alunos mais pobres, e estão negativamente associadas ao desempenho em matemática (ou seja, quanto maior a repetência de uma rede de ensino, piores são as notas em matemática dos seus alunos).


Maiores detalhes no documento (em inglês), elaborado em coautoria pela OCDE e pelo INEP:
http://www.oecd.org/pisa/keyfindings/PISA-2012-results-brazil.pdf

Última atualização em Sex, 13 de Dezembro de 2013 10:06  


Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

Veja a nova grade curricular de São Paulo (2012)

Políticas públicas de educação
A grade curricular do estado de São Paulo sofreu algumas alterações para o ano de 2012. A última mudança havia sido feita em 2008. Só pra ressaltar, esta grade é obrigatória apenas para as esc...(55704)

Lei do bônus para professores em São Paulo (texto completo da lei complementar 1078/08)

Políticas públicas de educação
Há poucos dias Serra sancionou a chamada "lei do bônus". Antes de qualquer análise ou comentário, vamos disponibilizar o texto todo da lei. Encontrá-lo na rede não é tão fácil quanto deveria s...(42182)

Grade curricular 2009: a secretaria de Educação de São Paulo publica resolução que fere autonomia das escolas e professores, diz APEOESP

Políticas públicas de educação
A análise da resolução está no site da apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), e foi colada mais abaixo. Fiz um índice para agilizar a consulta. OBSERV...(38563)

Plano Nacional de Educação 2011-2020 (texto completo com índice de metas)

Políticas públicas de educação
O novo Plano Nacional de Educação foi apresentado hoje (15/12) pelo ministro da Educação Fernando Haddad ao presidente Lula. O projeto de lei descreve, dentre outras coisas, as 20 metas para a...(33571)

Projeto de lei limita número de alunos por sala de aula

Políticas públicas de educação
DEU NA AGÊNCIA BRASIL:CCJ da Câmara aprova projeto que limita número de alunos em sala Amanda Cieglinski "Brasília - Um projeto que limita o número de alunos por sala de aula nas escolas púb...(21803)