Nível socioeconômico determina ranking de escolas e estados no ENEM

Imprimir

De acordo com os resultados que obtive até agora em meus estudos de doutorado, o ranking de escolas do ENEM informa mais sobre as condições familiares dos alunos do que sobre a eficácia das escolas. Isto não é uma exclusividade do ENEM, não é um "defeito" deste exame, pelo contrário, é a tendência geral quando se avalia escolas a partir de provas individuais. Segundo a literatura científica internacional, esta influência das condições socioeconômicas da familia é sempre alta, varia de 70% a 95%. Meus resultados indicam que no ENEM 2009 foi em torno de 80%.

O que isto significa? Aí já entramos num terreno mais controverso, pois há diversas formas de interpretar estes dados. O que dá pra dizer, com alguma certeza, é que precisamos tomar cuidado ao valorizar demais este tipo de ranking, precisamos ter cautela ao pautar nossas decisões privadas e públicas com base nestas informações, porque não sabemos muito bem o que está sendo informado.

Minha tese (sob orientação da profa. Carlota Boto, da Faculdade de Educação da USP e participação do prof. Jorge Calero, da Universidade de Barcelona) deve ficar pronta em março do ano que vem, antes disso seria imprudente adiantar dados muito detalhados. Mas o que fiz, no geral, foi uma análise estatística (chamada regressão multinível) com base nos microdados que estão no portal do INEP, onde procurei isolar o fator socioeconômico da nota da escola no ENEM. Depois disso recalculei as médias, e os resultados foram bastante diferentes. Em março devo publicar este novo ranking, junto com a tese.

Para quem quiser entender melhor como a coisa funciona, posso exemplificar trocando as escolas por estados. O raciocínio é o mesmo. Boa parte da média dos estados no ENEM também é determinada pelo fator socioeconômico. Ao isolar este fator e recalcular as médias, alguns estados que apresentam resultados excelentes podem se mostrar abaixo do esperado. Seria o caso, por exemplo, do Distrito Federal (ver figura). Ou seja, se todos os estados tivessem as mesmas condições socioeconômicas, o D.F. estaria abaixo da média. O estado do Ceará, por outro lado, teve um resultado inverso: abaixo da média "bruta" (sem isolar o fator socioeconômico) mas acima da média "líquida" (isolando este fator).

Mas é importante destacar que este "ranking de estados no ENEM 2009" não é um ranking de estados na educação. Não só porque a educação é muito mais do que ensinar a fazer provas, mas também porque o ENEM tem caráter voluntário, só faz quem quer, então não existe um critério para as amostras de cada estado. O mesmo vale para as escolas.

Abaixo a entrevista que dei recentemente na TV Univesp, com o Ederson Granetto.

Pra quem quiser saber um pouco mais, pode dar uma olhada na reportagem da Valéria Dias que saiu na agência USP de notícias. Desde já agredeço à Valéria pelo seu cuidado e profissionalismo.

Nível socioeconômico influencia nota de escola no Enem
http://www.usp.br/agen/?p=116163

Última atualização em Ter, 06 de Novembro de 2012 21:09  


Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

Veja a nova grade curricular de São Paulo (2012)

Políticas públicas de educação
A grade curricular do estado de São Paulo sofreu algumas alterações para o ano de 2012. A última mudança havia sido feita em 2008. Só pra ressaltar, esta grade é obrigatória apenas para as esc...(60656)

Lei do bônus para professores em São Paulo (texto completo da lei complementar 1078/08)

Políticas públicas de educação
Há poucos dias Serra sancionou a chamada "lei do bônus". Antes de qualquer análise ou comentário, vamos disponibilizar o texto todo da lei. Encontrá-lo na rede não é tão fácil quanto deveria s...(44709)

Grade curricular 2009: a secretaria de Educação de São Paulo publica resolução que fere autonomia das escolas e professores, diz APEOESP

Políticas públicas de educação
A análise da resolução está no site da apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), e foi colada mais abaixo. Fiz um índice para agilizar a consulta. OBSERV...(39766)

Plano Nacional de Educação 2011-2020 (texto completo com índice de metas)

Políticas públicas de educação
O novo Plano Nacional de Educação foi apresentado hoje (15/12) pelo ministro da Educação Fernando Haddad ao presidente Lula. O projeto de lei descreve, dentre outras coisas, as 20 metas para a...(35387)

Projeto de lei limita número de alunos por sala de aula

Políticas públicas de educação
DEU NA AGÊNCIA BRASIL:CCJ da Câmara aprova projeto que limita número de alunos em sala Amanda Cieglinski "Brasília - Um projeto que limita o número de alunos por sala de aula nas escolas púb...(23257)