Diretor da "bíblia psiquiátrica" admite que há hiper medicalização estimulada pelos laboratórios

Imprimir

A "bíblia psiquiátrica" (o Manual Diagnóstico e Estatístico, DSM) é um grande livro que define as características de todos os "transtornos mentais" conhecidos. Ele é atualizado de vez em quando e foi dirido por Allen Frances durante anos. Em entrevista ao El País (em setembro de 2014), Allen admite excessiva medicalização da vida, estimulada pelas grandes empresas e "validada" pelo DSM.

Este é um fato importante para os educadores, visto que muitos dos comportamentos antigamente atribuídos a uma "normalidade caótica" das crianças, podem ser hoje erroneamente tratados como "anormais", usando o DSM como suposta base científica.

Allen Frances conta que conseguiram conter as propostas de inclusão de "novos transtornos mentais" até a quarta versão do DSM, em 1994. Depois disso a coisa começou a degringolar. Ele conta que:

"o DSM IV acabou sendo um dique frágil demais para frear o impulso agressivo e diabolicamente ardiloso das empresas farmacêuticas no sentido de introduzir novas entidades patológicas. Não soubemos nos antecipar ao poder dos laboratórios de fazer médicos, pais e pacientes acreditarem que o transtorno psiquiátrico é algo muito comum e de fácil solução. O resultado foi uma inflação diagnóstica que causa muito dano, especialmente na psiquiatria infantil. Agora, a ampliação de síndromes e patologias no DSM V vai transformar a atual inflação diagnóstica em hiperinflação."

Fonte: http://brasil.elpais.com/brasil/2014/09/26/sociedad/1411730295_336861.html

 

Última atualização em Qui, 13 de Agosto de 2015 16:06  


Qual é o melhor método de ensino?
 
Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

A carta do chefe Seattle ao presidente Franklin Pierce realmente existiu?

Polêmicas
Em muitos meios de comunicação, incluindo materiais didáticos e "portais confiáveis" (lembrando que nenhuma fonte de informações é absolutamente confiável), encontramos uma carta supostamente ...(25640)

O criacionismo pode ser ensinado nas aulas de ciências?

Polêmicas
Comento abaixo alguns trechos da reportagem MEC diz que criacionismo não é tema para aula de ciências, de Fábio Takahashi e Talita Bedinelli (Folha de S.Paulo 13/12/2008). Veja também a discus...(13600)

Custo ambiental - a ecologia na economia

Polêmicas
arvoresdebarra.jpg desenho de Dorfo Gomes, BocAberta n.15 Quanto custa a natureza? Depende da época. No início da humanidade, tudo foi sempre de graça. No paraíso das delícias, os frutos eram oferecidos gra...(13282)

Qual é o verdadeiro efeito do efeito estufa?

Polêmicas
Como biólogo mas, antes, como ser humano, sempre me senti incomodado com o modo pelo qual o homem se relaciona com a natureza. Minha "consciência ecológica" começou, na infância, com normas co...(11028)

Devemos reciclar oléo de cozinha na escola? Mitos, perigos e interesses

Polêmicas
A pergunta vem de um texto que anda circulando por email. Fui buscar a fonte e o autor me respondeu minutos depois, por email, esclarecendo o ponto central: "estão levando isso para as escolas...(10316)