Filosofia
Toda a ação humana tem uma filosofia nas entrelinhas. Refletir sobre o mundo, sobre nós e o que fazemos é fundamental para a vida fazer mais sentido. Isso sem falar em questões coletivas, como a ética e a política, que são via de regra resolvidas por "especialistas", mas no fundo tratam de problemas filosóficos que todos nós compreendemos. Estudar filosofia não é necessário para se ter sabedoria, mas às vezes a leitura de um único texto pode mudar uma vida.


Princípios da Democracia Grega

Imprimir

Diretamente da aula do Zé Sergio (Filosofia da Educação, USP), seguem 3 conceitos fundamentais para a democracia grega, que são de grande valia para quem quer fazer educação de maneira responsável:

(poderia ser isocracia, isonomia e isegoria,
mas vamos mudar a forma para variar)

1- Política (pólis=cidade grega, cidade-estado)

É uma forma de gestão da pólis. Ou seja, é tudo que se refere ao coletivo, que diz respeito a todos - ou a uma parte significativa, evidentemente. A política seria uma alternativa às outras formas de gestão da cidade (como a tirania ou a anarquia). A política estaria para a tirania como a diplomacia está para a guerra: é uma forma de se resolver os problemas sem recorrer à violência. Pelo contrário, utilizando aquilo que nos é tão precioso: a razão.

2- Isonomia: (iso=mesmo, igual / nomia=regras, normas)

Todos os homens estão sujeitos às mesmas leis e normas - ou seja, ninguém é "semi-deus", somos todos homens, e os homens devem ter os mesmos direitos e deveres na sociedade. Começa, aqui, uma busca pela objetividade da "gestão do coletivo". As normas e leis não podem ser mudadas, como as vontades de um imperador: elas são compartilhadas por todos.

3- Isegoria:

Todos os cidadãos têm igual direito de manifestar sua opinião política para todos os outros. A palavra de dois homens têm igual valor perante a sociedade. Quando as opiniões divergem, é preciso que se discuta a questão. Através do discurso, da fala, os cidadãos têm o direito de convencer os outros sobre seu ponto de vista.

Persuasão:

Nenhum homem detém toda a verdade sobre as coisas. Assim, os homens não conseguem falar verdades, podem ter apenas opiniões (doxa). E muitas vezes essas opiniões divergem quanto a problemas comuns. Para o madeireiro é bom estimular o desenvolvimento frenético da Amazõnia, enquanto para os índios, seringueiros e a opinião midiática global isso não é desejável. Mas todos gostam de comprar produtos amazônicos.

Não há uma verdade clara. As pessoas precisam discutir, com inteligência e clareza, para chegar num acordo. Neste processo, cada um utiliza os meios disponíveis para persuadir o outro. Mudar a opinião do outro. Sem o esforço de persuasão, a democracia não é possível.

Resta, portanto, a questão: o que queremos dizer com persuasão? Quando as formas de persuasão são violentas? Quando são democráticas? Quando são educacionais?

 

OBS: vou adicionar mais um conceito, apenas para lembrar o óbvio:

Democracia: (demo=povo / cracia=poder)

O povo governado pelo povo. Seria o mesmo que Isocracia. Um ideal aparentemente simples e trivial, que até hoje estamos tentando praticar - e mesmo formular.


Veja abaixo uma apresentação de slides sobre a democracia grega (em espanhol, mas dá pra entender)


Fonte: Rodrigo Travitzki - topicostropicais.net


Voce pode usar este texto livremente, desde que cite a fonte e não o comercialize.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
 


Página 5 de 5



Estudar filosofia é importante para ser um cidadão?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

A origem do estado liberal - Hobbes, Rousseau e Locke

Princípios filosóficos
LockeDeus, escreve Locke, é um artífice, um obreiro, arquiteto e engenheiro que fez uma obra: o mundo. Este, como obra do trabalhador divino, a ele pertence. É seu domínio e sua propriedade. Deus criou o ...(87985)

O que é utopia?

Em busca da democracia
Há muitas definições por aí. "Lugar que não existe", "ideal", etc. Vamos chamar o "pai dos burros" para dar uma base mais sólida ao trabalho Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas ou a quem...(87283)

O mito de que a palavra "aluno" significa "sem luz"

Princípios filosóficos
Uma mentira dita muitas vezes torna-se uma verdade. O boato de que aluno significa "sem luz" é antigo, mas parece ter se fortalecido ainda mais com a internet. Fora alguns portais mais cuidadosos, a ...(73763)

A felicidade de hoje é a tristeza de amanha? A polêmica entre Malthus e Condorcet

Em busca da democracia
Todos queremos felicidade. Mas será que é possível ter felicidade para todos? Quando tentamos imaginar um mundo melhor, ou mesmo um ideal, uma utopia, nos deparamos com diversos obstáculos reais. Um ...(64080)

Princípios da Democracia Grega

Em busca da democracia
Diretamente da aula do Zé Sergio (Filosofia da Educação, USP), seguem 3 conceitos fundamentais para a democracia grega, que são de grande valia para quem quer fazer educação de maneira responsável: ...(63331)