Soja convencional tem produtividade maior que a trangênica, diz estudo

Sex, 25 de Setembro de 2009 15:57 Rodrigo Travitzki Material didático/ pedagógico
Imprimir

Mais uma lenha na fogueira dos transgênicos. A questão da eficiência produtiva é central nesta discussão (e em tantas outras), assim como aspectos de saúde, sociais e ecológicos. Muitos consideram a superioridade econômica dos transgênicos como fato consumado. Mas, ao que parece, a discussão ainda está longe de terminar. Veja esta notícia:

"O Sistema Farsul e a Fundação Pró-Sementes apresentaram nessa quarta-feira (17/06) os resultados do Programa de Avaliação de Cultivares de Soja desenvolvido na safra 08-09 durante reunião conjunta das Comissões de Crédito Rural, Grãos e Irrigantes da Farsul. O coord enador do estudo na Fundação, Rui Rosinha, explicou que os testes foram realizados com 61 variedades (40 transgênicas e 21 convencionais) em sete locais diferentes no Estado. Segundo ele, foi possível verificar que a produtividade média da soja convencional está 9% superior a transgênica, com custo de produção equivalente. “Uma diferença é a menor incidência de plantas daninhas na soja transgênica e maior facilidade de manejo”, salientou Rosinha. Também ficou comprovado que a irrigação pode elevar a produtividade da soja a mais de 6.500 quilos por hectare como foi registrado em São Luiz Gonzaga. Em São Gabriel, por exemplo, foi registrada a menor produtividade do RS, com 1.235 quilos por hectare e em Cachoeira do Sul, o melhor rendimento com 3.295 quilos por hectare. A diferença é que no primeiro município não houve irrigação e no segundo foi utilizado o sistema. O coordenador da Comissão de Grãos da Farsul, Jorge Rodrigues, disse que num período de 4 a 5 anos o produtor tira o investimento na irrigação."

Fonte:

Divulgados resultados do Programa de Avaliação de Cultivares de Soja. Imprensa sistema Farsul (17/06/09)
http://www.farsul.org.br/pg_informes.php?id_noticia=11323

Última atualização em Qui, 08 de Outubro de 2009 11:31