O que move o educador? Imagine um país bem educado...

Imprimir

O que move o educador? A necessidade, a competência, os alunos, os ideais. E no Brasil, especialmente a imaginação.

Se o Brasil já é um país tão admirável, imagine quando todos tiverem uma boa escola. Imagine um país onde você não tem medo de andar na rua e gosta de conversar com o faxineiro sobre política. Imagine um país onde as pessoas exalam o sentimento de coletividade diariamente, não apenas no natal ou carnaval.

Nada muito idealizado, claro, se não a imaginação acaba nos afastando da realidade. Imagine as pessoas assim como você as conhece, suas belezas e feiúras, conseguindo conversar sobre as coisas, entender melhor o mundo, a sociedade, as pessoas, os próprios sentimentos. Onde não se pensa que respeito à diversidade é uma questão de tolerância. Neste mundo as pessoas são diferentes, imperfeitas, egoístas e altruístas, razoáveis e impulsivas... mas são bem educadas. Não no sentido da disciplina pura e simples “ah, que menina educadinha...”, mas no sentido mais profundo da educação. Contra a barbárie. A cultura, a razão, a experiência humana, a valorização do saber coletivo.

 

Imagine um mundo onde as pessoas preferem resolver suas diferenças conversando (mesmo que longamente), ao invés de uma “solução” rápida e violenta. Elas fazem isso porque sabem que pode dar certo, conversas podem resolver diferenças – afinal, elas já tiveram esta experiência. Se não na família ou entre os amigos, ao menos na escola. A escola deve garantir que todas as pessoas tenham certos tipos de experiência, de respeito ao indíviduo e ao coletivo, ao saber, à vida. Experiências bem sucedidas neste sentido, que sirvam de lição, de modelo para a vida. Imagine um mundo com pessoas assim.

Este cenário parece loucura, impossível, utópico, mas ao mesmo tempo parece a coisa mais razoável de se pensar. Essa imaginação fértil e desejo profundo é que movem o educador.

Última atualização em Ter, 01 de Setembro de 2009 22:09  


Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

Educação para a democracia: alguns princípios

Por que educar?
“Um esforço sempre presente à prática da autoridade coerentemente democrática é o que a torna quase escrava de um sonho fundamental: o de persuadir ou convencer a liberdade de que vá construin...(80129)

Pra que serve a educação?

Por que educar?
Uma pergunta que pode ser óbvia, vazia, desagradável, estimulante ou esclarecedora, dependendo da pessoa. Como professor, não consigo prosseguir meus dias sem pensar nela de vez em quando. E t...(31929)

Se os tubarões fossem homens - Bertold Brecht

Por que educar?
Texto de Bertold Brecht (1898-1956) disponível no portalhttp://www.tvcultura.com.br/provocacoes/poesia.asp?poesiaid=10 Muito bom para refletir sobre a natureza da educação. Se os tubarões ...(23706)

Educação é o motor do desenvolvimento: entrevista com Dermeval Saviani

Por que educar?
Retirado do portal da Revista Educação: por Rubem Barros Motor do desenvolvimento É o papel que o autor de Escola e democracia e História das idéias pedagógicas no Brasil, este último vence...(17575)

Educação no Brasil: a família não acompanha a escola ou a escola não acompanha a família?

Por que educar?
Culpar a mãe virou moda desde Freud. Tudo que não conseguimos fazer direito, em especial nossos defeitos incorrigíveis, jogamos nas costas daqueles que nos deram a existência. Mas e quando o ...(12741)