O professor vem sendo injustamente culpado pela situação educacional?

Imprimir

É uma das perguntas que podemos fazer a partir das idéias de Lisete Arelaro na reportagem Sozinho, professor não muda a educação, avaliam especialistas que colei abaixo:

Amanda Cieglinski, repórter da Agência Brasil

Brasília - Bons salários e uma formação adequada aos professores não garantem melhoria da qualidade do ensino, acreditam educadores. "O professor é variável fundamental no processo, mas não é a única", avalia a doutora em educação da Universidade de São Paulo (USP), Lisete Arelaro. No dia do professor, a especialista lembra que a educação é formada por uma série de fatores e o docente, apesar de ser peça-chave, "não muda sozinho a escola e o sistema".

Para Lisete, o professor hoje é responsabilizado por todos os problemas da educação e carrega "uma forte carga sob os ombros". "Existe uma política hoje de encontrar um culpado para tudo e esse dedo está apontado para o professor. Geralmente quem faz isso são os governos, falta eles olharem para si próprios", defende.

Apesar de o docente não ser o único ator do processo educacional, a sua valorização traz impactos diretos na melhoria da qualidade da educação, defende Lisete. "Uma boa formação, acompanhada de bons salários e condições de trabalho adequadas são variáveis que criam um resultado positivo em qualquer etapa do ensino. Essa é uma situação urgente no Brasil. Não tem jeito, educação de qualidade custa caro", aponta.

De acordo com a pesquisa A Qualidade da Educação sob o Olhar do Professor, da Fundação SM e da Organização dos Estados Ibero-americanos feita com 8 mil professores em 19 estados, mais de 80% dos professores se sentem desvalorizados pela sociedade. O cenário não muda dentro da escola, onde 75% acha que a administração do colégio ou mesmo da secretaria de educação de sua cidade não reconhecem a importância da categoria.

De acordo com Lisete, o ensino público deficiente que existe hoje no país é resultado dos baixos investimentos na área. "Estamos colhendo os resultados negativos de muito discurso e pouco recurso. O desafio agora é a população se conscientizar e fiscalizar como esse dinheiro está sendo gasto", acredita.

Ela defende que aspectos pouco discutidos como o número de alunos por professor e até mesmo o espaço físico das salas de aula influenciam no processo de aprendizagem e modificam o resultado final. "A desvalorização do professor é apenas um dos problemas, porque na educação não há um fator exclusivo que você mexe nele e tudo se resolve", avalia.

Leda Fiorentini, professora do departamento de métodos e técnicas da Universidade de Brasília (UnB), recomenda que a educação seja encarada como um problema de toda a sociedade. "O professor tem uma grande responsabilidade, mas também o Poder Público, os órgãos federais, municipais, estaduais e a própria comunidade", indica.

A educadora lembra que "não existe fórmula". "A gente não pode dizer que há uma regra que alcance todos os lugares. Nosso país é enorme, cheio de variáveis diferentes que interferem no processo. A solução é buscar esses caminhos. Às vezes as pessoas pensam que é só escolher um modelo e encaixar o professor ali, mas não funciona assim", alerta Leda.

 

 

Última atualização em Ter, 01 de Setembro de 2009 21:14  


Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

Qual é o papel do educador?

O educador
Mais algumas palavras dos mestres. Este foi meu professor de biologia no Colégio Equipe. Graaaande professor! Qual é o papel do educador na sociedade? Palavras do Maurício, retiradas de um bl...(39869)

Saúde do professor: a questão da perda de voz

O educador
Segundo reportagem da Fapesp, os professores estão sem voz. E não é em termos metafóricos. É disfunção das cordas vocais mesmo. As causas parecem ser muitas: necessidade de gritar para garanti...(30853)

Como valorizar o professor brasileiro?

O educador
Esta é uma daquelas questões que pode não terminar nunca (para aqueles que gostam de uma boa discussão) ou nem sequer ser feita (pelos tipos mais "práticos" ou adoradores do "choque de gestão"...(23015)

Quem quer ser professor? Pesquisa revela profissão em baixa

O educador
Anda circulando por aí a notícia de que 2% dos jovens querem ser professor (a maioria quer fazer direito, engenharia e medicina). O dado vem de uma pesquisa da Fundação Carlos Chagas, foi di...(20967)

Para que serve um professor? Texto de Mauricio Mogilnik

O educador
Poderíamos dizer que o professor de Biologia é o responsável pela transmissão dos conceitos, princípios e métodos que fazem parte da tradição cultural de sua disciplina. Não haveria maiores pr...(18487)