Como debater de forma racional? Russell ensina.

Qua, 27 de Maio de 2015 13:45 Rodrigo Travitzki Métodos de ensino
Imprimir

Em tempos de acaloradas discussões pela internet, há todo um submundo dos comentários de redes sociais e sites que é revelador de nossas limitações em discutir certos assuntos utilizando aquela virtude que é supostamente comum à toda a espécie: a razão.

Frente a limitações, é sempre bom aprender um pouco mais. Vejamos então alguns princípios que podem ajudar aqueles que buscam, de fato, apurar a verdade dos fatos, de forma pública, honesta e transparente.


O DECÁLOGO DE BERTRAND RUSSELL

1. Nunca se sinta absolutamente certo de nada.

2. Não acredite que vale a pena argumentar escondendo evidências – em algum momento elas virão à luz.

3. Nunca tente desencorajar o pensamento – pois você pode acabar tendo sucesso.

4. Quando encontrar oposição a suas opiniões, esforce-se para superá-la pelo argumento, e não pela autoridade, pois uma vitória dependente da autoridade é irreal e ilusória.

5. Ao argumentar, não se preocupe em mostrar respeito pela autoridade dos outros - sempre haverá outras autoridades com opiniões distintas com quem contar.

6. Não use o poder para suprimir opiniões que você acha perniciosas, pois, se você tentar, essas opiniões é que irão suprimir você.

7. Não tenha medo de ter uma opinião considerada excêntrica - toda opinião hoje aceita por todos foi excêntrica um dia.

8. Encontre mais prazer em discordâncias inteligentes do que em concordâncias passivas, pois, se você valoriza a inteligência como deveria, as primeiras implicam um acordo mais profundo que as segundas.

9. Seja escrupulosamente verdadeiro, mesmo que a verdade seja inconveniente – tentar escondê-la só vai torná-la ainda mais inconveniente.

10. Não sinta inveja da felicidade daqueles que vivem num paraíso dos tolos - apenas um tolo poderia pensar que isso é felicidade.

Decálogo via Daniel de Bonis

Última atualização em Qua, 27 de Maio de 2015 14:05