Educação Ambiental

Um outro mundo é possível? Os alunos buscam respostas

O Movimento Moinho Vivo

 1- INFORMAÇÕES GERAIS: Nome da atividade: Movimento Moinho Vivo Breve descrição do...
Leia tudo

Ashoka: apoio a empreendedores sociais

1. Visão Geral A Ashoka é uma organização mundial sem fins lucrativos que realiza um trabalho de apoio a...
Leia tudo

Advogada propõe nova regra ABNT para evitar desmatamento

Imprimir
Já estava na hora das velhas "regras de etiqueta" serem repensadas à luz das novas questões ecológicas. Saiu na Gazeta do Povo (01/10/2008), em reportagem de Viviane Favretto. Trechos abaixo:
"A advogada Ana Cecília Parodi, aluna do Mestrado de Direito Econômico e Socioambiental da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), pensou e fez as contas. Ela considerou também os cadernos e as fotocópias e chegou à conclusão de que, entre 1980 e 2007, quase 1 milhão de árvores foram derrubadas para a produção desse papel. Isso quer dizer que foram cortados 588 hectares de florestas, o equivalente a 800 campos de futebol.

A impressão somente na frente da folha é uma recomendação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), seguida pelas instituições de ensino. A associação também estabelece que o aluno deve usar papel branco. Ciente de que a mudança depende da revisão de uma norma, a advogada decidiu propor a mudança à ABNT. “Todos estamos na zona de conforto e não é todo dia que se encontra quem esteja disposto a sair dela”, afirma. Ana Cecília procurou a entidade e no pedido de revisão sugeriu o uso da frente e do verso das folhas, além de incluir a opção pelo uso do papel reciclado.
(...)
A professora diz que a apresentação da sugestão de mudança da norma foi bem recebida durante a reunião de trabalho da ABNT. De acordo com ela, todos ressaltaram que a revisão de normas ocorre justamente a partir de demandas sociais. Muitas mensagens foram enviadas para a ABNT reforçando a proposta de Ana Cecília e isso deu mais legitimidade ao pedido, explica Fabiane."
E como foi feito o cálculo? A reportagem explica:

"Cálculo
Foram consideradas as seguintes informações: número de concluintes; cem folhas por trabalho científico; uma via por aluno; 500 folhas por resma; 20 resmas por árvore; 1,7 mil árvores por hectare (considerando o eucalipto).

Variáveis
Também foi calculado o número de vias entregues do trabalho: graduação presencial (quatro); graduação à distância (uma); pós lato (uma); pós stricto (cinco).

Quando
Os períodos considerados foram: graduação presencial (1980 a 2006); graduação à distância (2001 a 2006); pós lato presencial (2000 a 2007); pós lato à distância (2003 a 2007) e pós stricto (1999 a 2006).
"
Última atualização em Sáb, 24 de Dezembro de 2011 13:26  


Você costuma usar computador na escola?
 
Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

Direitos humanos e direitos da natureza? Texto do Eduardo Galeano

Educação ambiental
Os direitos humanos não surgiram no início dos tempos, como se pode imaginar. Eles são um dos produtos do iluminismo, algo ainda recente na história humana. Hoje, as corporações também têm "di...(12283)

Comunidades quilombolas dão lição de organização e sustentabilidade - veja o vídeo

Educação ambiental
Veja abaixo reportagem sobre a vida das comunidades quilombolas do vale do Ribeira. Aqui, Serginho Groisman entrevista Nilto Ratto (ISA - Instituto Socio Ambiental), discutindo as formas de or...(5435)

Plantio de árvores em escolas no mundo todo: participe!

Educação ambiental
Aí vai uma dica legal pras escolas que querem criar não só crianças melhores para o nosso mundo, mas também um mundo melhor pras nossas crianças. São dois dias mundiais para estimular o plant...(5196)

Assentamento dá lição de sustentabilidade no meio do "deserto verde" canavieiro

Educação ambiental
Diz o artigo Agroecologia faz de assentamento modelo de sustentabilidade: altTexto e Fotos por Mauricio Monteiro Filho "No meio da paisagem monótona do epicentro canavieiro do Brasil - a região...(4652)