Um outro mundo é possível? Os alunos buscam respostas

Ashoka: apoio a empreendedores sociais

1. Visão Geral A Ashoka é uma organização mundial sem fins lucrativos que realiza um trabalho de apoio a...
Leia tudo

µTorrent: o rizoma cultural da internet

"Queremos uma sociedade em que não é preciso obter capital para se obter cultura. O acesso a cultura deve ser...
Leia tudo

Proposta de trabalho: utopia e cotidiano

Imprimir

Um outro mundo é realmente possível?

(questão inspirada no Fórum Social Mundial)

TRABALHO ESCOLAR PARA O FINAL DO ENSINO MÉDIO

Idéia geral

O objetivo deste trabalho é proporcionar uma reflexão sobre o mundo do trabalho e da prática coletiva, articulando conhecimentos estudados e valores construídos no ensino médio.

No primeiro ano, enquanto tentávamos compreender a natureza da evolução das espécies, nos deparamos com a pergunta: a evolução tem direção?Desde lá, aprendemos muita coisa sobre nós mesmos, nossos semelhantes (e diferentes), nosso passado e presente. Aprendemos também que é preciso pensar no futuro, na sustentabilidade da existência humana, pois a tecnologia resolveu alguns problemas, mas criou outros. Buscamos ver as coisas como um todo, uma rede, inspirados nos princípios da ecologia. Estudamos o funcionamento do corpo e compreendemos que nosso estado de saúde não depende só de nós, mas também de condições externas que só a ação coletiva pode melhorar. Isso sem falar que qualidade de vida não é a mesma coisa que saúde.

Pois bem. De diferentes formas, tudo isso se relaciona à questão central deste último trabalho. Já podemos, agora, perguntar: que direção nós queremos dar à evolução? Afinal, não somos meros objetos que seguem padrões de comportamento invariáveis. Podemos pensar a respeito das coisas, imaginar como foram, como serão.

Esta não é uma "questão de biologia", é uma questão para a vida. O que fazer com a nossa vida? Não estamos falando aqui de evolução das espécies, mas da história humana. E é bom lembrar que os dois níveis se encostam em muitos pontos. Como será a evolução das pragas e parasitas em resposta à pressão seletiva exercida pelos agrotóxicos e antibióticos? Como será nossa espécie daqui a 50 mil anos? Como a história humana pode interferir na evolução de nossa espécie? Como cada um de nós pode participar da história?

Afinal de contas, há algum sentido nisso tudo? Não sei, mas caso não haja, nada nos impede de criar um. E por trás de cada sentido que criamos, cada significado que damos às coisas, há um princípio, um valor. E se olharmos bem fundo, veremos que, na base disso tudo, tem não só uma idéia de "mundo real", mas também uma utopia. Um ideal, um tipo de perfeição, algo a ser buscado, uma direção a ser seguida. Uma mistura de imaginação, compreensão e desejo.

O sentido que damos para o mundo é ao mesmo tempo um significado e uma meta a ser buscada.

A proposta

Sendo assim, nesta última atividade, buscaremos relacionar nossas utopias com o "mundo real". Afinal, se não pudermos enxergar nossos ideais no cotidiano, de pouco eles valerão.

Para realizar este trabalho, o grupo deverá escolher uma atividade, projeto ou instituição que considere "eticamente adequada", ou seja, que ajude o mundo a caminhar em direção a uma certa utopia. O que é utopia?

Vocês irão em busca de uma atividade humana, um trabalho, em que certos valores são realmente incorporados na prática. Quando dizemos "eticamente adequada", estamos na verdade proibindo certos tipos de utopia nesta proposta. Uma pessoa que imagina o mundo ideal como uma guerra eterna, por exemplo, terá como utopia algo indesejável por praticamente todos os outros devido à sua natureza essencialmente destrutiva, tendo assim um valor eticamente inadequado. A ética é, por assim dizer, a ciência da moral, o tipo de pensamento que nos permite distinguir o certo do errado e, quando necessário, mudar de opinião.

Sendo assim, grupo deve discutir qual seria o mundo ideal comum aos seus integrantes, uma utopia que seja compartilhada por todos. O nível de profundidade desta discussão dependerá do interesse e disposição dos alunos. Um mínimo de profundidade, no entanto, é necessário, para evitar frases ingênuas ou vagas do tipo "queremos um mundo onde todo mundo tenha tudo", "onde todos sejam sempre felizes", "acredito que o mundo ideal é o do desenvolvimento sustentável", etc. Isto porque precisamos juntar nossa imaginação e desejos com nosso conhecimento, caso contrário estaremos sujeitos a caminhar rumo a um abismo. E o que já aprendemos neste tempo todo de vida e de estudos?

Apenas para dar um exemplo relacionado à biologia (no caso, ecologia), podemos citar a polêmica de Malthus e Condorcet, explicada no artigo A felicidade de hoje é a tristeza de amanha?

Como fazer o trabalho?

Façam o trabalho em algum editor de texto, como o openoffice ou o word. Para enviar o trabalho, um dos alunos deverá primeiro cadastrar-se neste site (é rápido, e depois pode ser desfeito). Depois do cadastro, vá ao menu "entrar como colaborador", digite seu nome e senha e clique "entrar". Aí haverá uma mensagem (à esquerda) do tipo "Olá, fulano" e logo abaixo o seu menu de usuário. Nele você clica em "escreva um artigo". Abrirá, então, o editor de artigo. Coloque no título o nome da atividade analisada e cole o conteúdo do texto (escrito anteriormente) no grande quadrado em branco. Clique em "salvar" e pronto.

Coloco abaixo em maiores detalhes o conteúdo e o formato do texto a ser apresentado. Os 4 itens numerados devem ser os sub-títulos do texto, destacados. Os sub-itens descrevem o conteúdo de cada parte do texto, que pode ser escrito de maneira livre. Dentro, é claro, dos limites impostos pelo bom senso, pela ética e pelo bom português. Releiam o texto, utilizem dicionários e corretor ortográfico, porque erros de escrita são considerados falhas graves em um trabalho de síntese do ensino médio a ser socializado com o mundo através da internet.

1- INFORMAÇÕES GERAIS

- Nome da atividade;

- Breve descrição do trabalho realizado;

- Endereço, lugar de atuação;

- Pessoas responsáveis e formas de contato;

- Autor(es) deste texto.

2- CONHECENDO A PROPOSTA

- Com funciona?

- Como começou? Breve histórico.

- De onde vêm os recursos materiais e as pessoas que trabalham nesta atividade?

- Quais foram os resultados obtidos até agora?

- Quais foram as principais dificuldades encontradas até agora e como foram (ou não) superadas?

- Quais os planos futuros?

3- DISCUSSÃO

- Como o grupo descreveria sua utopia? Ela tem um nome?

- Por que esta atividade foi considerada pelo grupo como uma maneira de se caminhar rumo a esta utopia?

- Análise e discussão dos aspectos "positivos" e "negativos" (do ponto de vista do grupo) desta atividade. Em que medida os objetivos estão sendo alcançados? O que pode ser melhorado? O que vocês consideram "admirável"? Por que?

- Que conceitos, conhecimentos e valores estudados no ensino médio (em biologia ou em outra matéria) foram importantes para a realização deste trabalho? Há coisas que não estudamos na escola e que seria interessante estudar para que um outro mundo seja realmente possível?

- Afinal de contas, o que podemos aprender com a experiência analisada neste trabalho?

4- REFERÊNCIAS

- Fontes de pesquisa

 


UM COMENTÁRIO PARA OS PROFESSORES

Embora este trabalho esteja contingencialmente limitado à disciplina de biologia, sua natureza é essencialmente interdisciplinar. Outras propostas podem ser "acopladas" a esta, ou mesmo criar um "novo arranjo geral" caso outros professores se interessem em participar.

Rizomas, tecer é preciso.

 

Leitura recomendada

"Reflexões Sobre o Tempo, a Filosofia e a Utopia no Cotidiano Escolar", de Carlos Bauer.

Última atualização em Qui, 08 de Novembro de 2012 18:04  

Cidadania


Para que serve a educação?
 

Selecione uma palavra-chave

Artigos mais lidos desta categoria

O Sistema de saúde Universal Gratuito - França, Reino Unido e Cuba

Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas
"A possibilidade de um mundo diferente está nas mãos do homem, portanto dele depende aceitar, corrigir, mudar e criar políticas que defendam uma sociedade menos decadente, e sim mais igualitár...(21059)

Como as interações ecológicas do homem são permeadas pela sua cultura?

Trabalhos Escolares
Com o aumento da população humana que vem ocorrendo pelo menos nos últimos 3 mil anos, o número de parasitas como carrapatos e bichos de pé, assim como o de muitos vírus e bactérias, sendo que...(20765)

As clínicas de aborto na Holanda

Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas
No século XX alguns países legalizaram o aborto, como a Holanda, a URSS e a Suécia. A Alemanha nazista também legalizou o aborto para as mulheres que eram consideradas "hereditariamente doente...(17250)

Melancia sem sementes: Para quê e para quem?

Trabalhos Escolares
Nessa lógica é que encontramos um paradoxo entre o que a ciência se proporia em sua essência, e a maneira pela qual a ciência e a tecnologia foiram apropriadas por aqueles que concentram em su...(14672)

A Biologia das Embalagens - análise da embalagem de Sucrilhos Kellogg’s

Trabalhos Escolares
Os valores nutricionais tornam-se um artifício cientifico para atrair mais consumidores ao produto em questão. As embalagens não comportam mais o objetivo inicial de comunicar informações nutr...(12110)