Material didático/ pedagógico

O que é impacto ambiental?

Imprimir

O que é impacto ambiental?

Algumas pessoas acham que o impacto ambiental refere-se só às coisas "naturais", mas não é bem assim. Segundo a legislação brasileira, impacto ambiental é:

“qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, causada por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas que, direta ou indiretamente afetam:

  1. a saúde, a segurança e o bem-estar da população;
  2. as atividades sociais e econômicas;

  3. a biota;

  4. as condições estéticas e sanitárias do meio ambiente;

  5. a qualidade dos recursos ambientais.”

(Resolução 001/86 – CONAMA).

Três tipos de impacto ambiental

“De forma simplificada pode-se afirmar que em termos de avaliação do impacto ambiental das atividades humanas existem três grandes problemas no país, inseparáveis mas inconfundíveis, cada um com uma sistemática de análise científica distinta: as atividades energético-mineradoras, as atividades industriais-urbanas e as atividades agrossilvopastoris. Em geral, os critérios, instrumentos e métodos utilizados para avaliar o impacto ambiental são próprios a cada uma dessas três atividades e não universais.

O impacto ambiental das atividades energéticas e mineradoras é, em geral, intenso, pontual, limitado e preciso em termos de localização (uma hidrelétrica, uma mineração, por exemplo). Empreendimentos dessa natureza envolvem parcelas pequenas de população nos seus impactos diretos e são bastante dependentes de fatores relativamente controláveis. Existem metodologias bem estabelecidas para avaliar e monitorar o impacto ambiental desses empreendimentos, onde os aspectos de projeto, engenharia e planejamento são passíveis de um alto grau de previsão e controle.

O impacto ambiental das atividades industriais-urbanas é, em geral, de intensidade variada, podendo ir de pontual (no caso de uma fábrica poluidora, por exemplo) a difuso (no caso dos poluentes emitidos pela frota de veículos, por exemplo).Uma boa parte desses impactos dependem de obras de infra-estrutura e de saneamento, mais amplas do que a abrangência de cada empreendimento. Processos de planejamento e crescimento urbanos também cumprem um papel determinante em muitos casos. As atividades industriais-urbanas atingem, direta e indiretamente, grandes parcelas da população. Existe uma grande quantidade de normas, leis e regulamentos vigindo sobre esse tema, objeto de uma ação fiscalizadora relativamente intensa por parte da população e órgãos públicos.

Já os impactos ambientais das atividades agrícolas são em geral tênues, bastante dependentes de fatores pouco controláveis (chuvas, temperaturas, ventos etc.), atingem grandes áreas de forma pouco precisa, freqüentemente crônica, pouco evidente, intermitente e de difícil quantificação (perda de solos, produção de gases, erosão genética, contaminação de águas subterrâneas com fertilizantes ou pesticidas etc.). Em muitos casos os piores impactos ambientais da agricultura são invisíveis aos olhos da população, dos consumidores e dos próprios agricultores, ao contrário do que ocorre com uma fábrica ou uma mineradora.”

http://www.cana.cnpm.embrapa.br/impacana.html

 

Dá pra medir o impacto ambiental?

Não é possível medir o impacto ambiental como se mede o tamanho de um objeto. Não há ”régua” para isso.

O meio ambiente é complexo, o que significa dizer que é parcialmente previsível e parcialmente imprevisível.

Sendo assim, podemos estimar o impacto ambiental de certa atividade humana.

Isto é feito através do EIA/RIMA. O que é EIA/RIMA?

 

Última atualização em Seg, 21 de Setembro de 2009 00:08
 

Impacto ambiental e EIA/RIMA - slideshow

Imprimir

Clique no lado direito para começar a passar os slides.

Última atualização em Qua, 25 de Junho de 2014 14:03
 

Pra onde vai o DNA? Mapa mental com transcrição, tradução, duplicação, etc...

Imprimir

Há bastante confusão quando tentamos entender o que pode acontecer com uma molécula de DNA, um cromossomo. Não só porque a própria vida é complicada, mas também porque cada coisa tem um nome próprio, uma palavra específica que só os biólogos conhecem.

Para ajudar a entender os processos pelos quais o DNA pode passar, fiz esta figura. O principal é compreender a diferença entre a "vida normal" da célula (fase G1 da interfase) e sua fase reprodutiva. Se quiser, clique aqui para entender o ciclo celular.

VIDA "NORMAL" (fase G1)

Enquanto vive, a célula "ativa" e "desativa" cada um de seus milhares de genes. Quando "ativados", eles levam à produção de proteínas. Isto é mediado pelos ribossomos. A produção de RNA mensageiro a partir de um gene em uma molécula de DNA  é chamada de transcrição. Este RNAm é como se fosse uma "cópia xeróx" do gene - que fica guardado e protegido no núcleo. O RNAm, por sua vez, sai do núcleo e vai para os ribossomos, onde são produzidas as proteínas, no processo de tradução.

Mas por que estes nomes linguísticos? Na transcrição, você passa do oral pro escrito - ou seja, a forma física varia, mas a língua não. Na tradução, por sua vez, há uma mudança de língua. Ou seja, é necessário um código para que se possa traduzir algo. É como se o DNA e o RNA "falassem a mesma língua" (porque têm a mesma estrutura química), mas as proteínas "falassem uma língua diferente" (novamente nos referimos à sua estrutura química). E para "traduzir a língua do DNA/RNA para a língua das proteinas" você precisaria de um código... eis aí o código genético. Lembre-se que o código genético é o mesmo para todos os seres vivos do planeta.

REPRODUÇÃO

A fase reprodutiva começa quando cada cromossomo da cromatina se duplica, para que as duas células-filhas possam ter uma cópia deste cromossomo. Lembrando que cada molécula de DNA é um cromossomo. Depois de se duplicar, tirar um "xeróx" de si mesmo, o cromossomo se condensa, enrola-se sobre si mesmo. Isso ajuda na mecânica de distribuição dos cromossomos entre as células-filhas. É como se você tivesse um monte de fios de lã emaranhados para dividir com seu irmão - seria necessário antes fazer pequenos novelos para depois dividir irmamente.

OBS. Esta é uma explicação simplificada dos processos. Você pode encontrar textos mais detalhados pela rede. Busque, por exemplo, por "síntese de proteína" ou "ciclo celular".

Última atualização em Dom, 28 de Agosto de 2011 21:24
 

A bioética segundo Slavoj Zizek

Imprimir

O texto abaixo ajuda a problematizar a questão da bioética, tão falada mas tão pouco aprofundada. Na escola, problematizar não deve significar "tornar mais complicado", e sim "mostrar a profundidade e multiplicidade de certas questões". É um preparo para a cidadania, portanto, na medida em que o aluno vai se dando conta de que algumas perguntas não podem ser respondidas no livro didático ou na lousa. E creio que a bioética reúne muitas perguntas deste tipo.

 

Última atualização em Qua, 09 de Setembro de 2009 18:54 Leia mais...
 


Página 4 de 7



Na sua escola, o currículo de biologia é muito "pesado" e "cheio de palavras"?
 

Selecione uma palavra-chave

Os cientistas dizem cada coisa...

Artigos mais lidos desta categoria

Mapa metabólico ultra mega simplificado

Filmes e imagens
O metabolismo é apenas uma palavra. Assim, de primeira viagem, pode parecer uma coisa simples. - Ah, claro, estou com algo errado no meu metabolismo... Mas quando vamos entender o que realmente sig...(86457)

Aulas Práticas de Ciências - Mecanismo de Busca

Ciências
Este mecanismo foi feito especialmente para os professores recém chegados à sala de aula, e também para aqueles mais experientes que nunca param de ter novas ideias, mas não fazem questão de reinvent...(76195)

Erros ortográficos mais comuns no português

Textos e tutoriais
O português é de fato uma língua pouco democrática. Suas nuances, detalhes, flexões, acentos, regras, tudo isso pode até servir de matéria prima para o escritor erudito e ilustrado, mas para 99% da p...(34484)

Por que estudar?

Textos e tutoriais
Quem sou eu? Quem somos nós? Onde vivemos? De onde viemos? O que podemos fazer com tudo isso? Essas são perguntas que toda pessoa, por mais “prática” que seja, se faz algumas vezes na vida. Elas nos ...(33595)

O que é feedback? Qual é a diferença entre o positivo e o negativo?

Filmes e imagens
Esta é uma palavra muito usada hoje em dia. "Me dá um feedback" quer dizer "me diz se você gostou ou não". Daí vem o ibope, as pesquisas de opinião, os formulários de reclamação, ou mesmo o "retorno"...(32344)