Regras para citação e referências - ABNT

Imprimir

Regras da academia brasileira para referências (retiradas do site da Universidade Federal do RS) e para citações (retiradas da norma NBR 10520, ABNT ago/2002). Se quiser algo mais completo, procure aqui.

ÍNDICE
REFERÊNCIAS (fim do documento)

FORMAS DE ENTRADA NAS REFERÊNCIAS SEGUNDO A ABNT 6023/2002
DOCUMENTOS CONSIDERADOS NO TODO
PARTES DE DOCUMENTOS

CITAÇÕES (ao longo do documento)

DICAS:

Data original ou data de publicação?

Se você souber a data original, ponha entre parênteses depois dos autores. Se não, deixe apenas a data de publicação, ao final da referência.

Ex.  AUTORES (data original) Titulo, etc, etc, data de publicação.  //  AUTORES. Título, etc, etc, data de publicação.


REFERÊNCIAS

Referência é o “[ . . . ] conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação individual” (ABNT, 2002, p. 2) no todo ou em parte, impressos ou registrados em diversos tipos de suporte.
Consultar a ABNT específica para elaboração de referências: NBR 6023/2002.
Incluir na lista apenas as fontes que efetivamente foram utilizadas para a elaboração do trabalho.
Pode-se separar os documentos bibliográficos de outros tipos de fonte (discos, filmes, fitas, etc.), recebendo o título de FONTES CONSULTADAS.
Pode-se incluir, também, uma BIBLIOGRAFIA RECOMEDADA onde são indicadas outras referências para aprofundamento do assunto.
As referências devem ser listadas em ordem alfabética única de autor(es) e/ou

título(s). Em casos específicos, podem ser numeradas e arranjadas por assunto, autor ou correspondendo ao sistema numérico adotados nas citações
Pode-se substituir o nome do autor de várias obras referenciadas sucessivamente por um traço equivalente a 6 (seis) toques e ponto (______.), nas referências seguintes à primeira.
As referências devem aparecer, sempre, alinhadas somente à margem esquerda e de forma a se identificar individualmente cada documento, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo.
Os elementos da referência devem ser obtidos na folha de rosto, no próprio capítulo ou artigo e, se possível, em outras fontes equivalentes.
Para mais informações, consultar a norma da ABNT específica para elaboração de referências: NBR 6023/2002.

 

FORMAS DE ENTRADA NAS REFERÊNCIAS SEGUNDO A ABNT 6023/2002

ENTRADA

EXEMPLOS

Um autor

CASTRO, Cláudio de Moura.

Dois autores

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino.

Três autores

ENRICONE, Délcia; GRILLO, Marlene; CALVO HERNANDEZ, Ivone.

Mais de três autores

RIBEIRO, Ângela Lage et al.

Organizador, compilador, etc.

D’ANTOLA, Arlette (Org.).

Entidade coletiva

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente.

BRASIL. Ministério da Educação.

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÂO (RS).

Eventos (congressos, conferências, encontros...)

CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCO-LAR, 6., 1995, Porto Alegre.

Referência Legislativa

(leis, decretos, portarias...)

BRASIL. Constituição, 1988.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996.

Título (autoria não determinada)

AVALIAÇÃO da Universidade, Poder e Democracia.

DOCUMENTOS CONSIDERADOS NO TODO

Livro

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo. Nota de tradução.* Edição.** Local: Editora, ano de publicação. nº de pág. (opcional) (Série) (opcional)

Exemplo:

WEISS, Donald. Como Escrever com Facilidade. São Paulo: Círculo do Livro, 1992.

Periódico

TÍTULO DA PUBLICAÇÃO. Local: editor, ano do primeiro volume e do último, se a publicação terminou. Periodicidade (opcional). Notas especiais (títulos anteriores, ISSN, etc.) (opcional).

Exemplo:

EDUCAÇÃO & REALIDADE. Porto Alegre: UFRGS/FACED, 1975-

Entrevista

ENTREVISTADO. Título. Local: data. Nota da Entrevista.

Exemplo:

CRUZ, Joaquim. A Estratégia para Vencer. Pisa:1988. Veja, São Paulo, v. 20, n. 37, p. 5-8, 14 set. 1988. Entrevista concedida a J.A. Dias Lopes

Dissertação e Tese

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo. Local: Instituição, ano. nº de pág. ou vol. Indicação de dissertação ou tese, nome do curso ou programa da faculdade e universidade, local e ano da defesa.

Exemplo:

OTT, Margot Bertolucci. Tendências Ideológicas no Ensino de Primeiro Grau. Porto Alegre: UFRGS, 1983. 214 f. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1983.

Evento (congressos,encontros...)

NOME DO EVENTO, nº do evento ponto (.), ano, local. Título. Local: conferências, Editor, ano de publicação. nº de pág. (opcional)

Exemplo:

SEMINÁRIO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO, 3., 1993, Brasília. Anais. Brasília: MEC, 1994. 300 p.

Documento eletrônico

SOBRENOME, Prenome. Título. Edição. Local: ano. nº de pág. ou vol. (Série) (se houver) Disponível em: <http:// ...> Acesso em: dia mês (abreviado) ano.

Exemplo:

MELLO, Luiz Antonio. A Onda Maldita: como nasceu a Fluminense FM. Niterói: Arte & Ofício, 1992. Disponível em: Acesso em: 13 out. 1997.

Dicionário e Enciclopédia

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo. Edição (se houver). Local: Editora, data. nº de páginas ou vol. (opcional)

Exemplo:

FERREIRA, Aurélio B. de Hollanda. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. 1838 p.

ENCICLOPÉDIA Mirador Internacional. São Paulo: Encyclopaedia Britannica do Brasil, 1995. 20 v.

Programas de Televisão e Rádio

TEMA. Nome do programa. Cidade: nome da TV ou Rádio, data da apresentação do programa. Nota especificando o tipo de programa (rádio ou TV).

Exemplo:

UM MUNDO ANIMAL. Nosso Universo. Rio de Janeiro: GNT, 4 de agosto de 2000. Programa de TV.

CD-ROM

AUTOR. Título. Edição. Local de publicação: Editora, data. Tipo de mídia.

Exemplo:

ALMANAQUE Abril: sua fonte de pesquisa. São Paulo: Abril, 1998. 1 CD-ROM.

E-MAIL***

NOME do remetente. Assunto. [mensagem pessoal] Mensagem recebida por em data do recebimento.

Exemplo:

BIBLIOTECA CENTRAL DA UFRGS. Alerta. [mensagem pessoal] Mensagem recebida por em 18 jul. 2000.

Texto digitado

Sobrenome, Prenome. Título. Local, ano, n° de folhas mais a nota entre parênteses (Texto digitado).

Exemplo:

FARIA, Antonio. A Educação no Brasil Colonial. Porto Alegre, 2007. 8 f. (Texto digitado).

Comunicação oral

SOBRENOME, Prenome. Título. Local, Instituição, ano. (Comunicação oral).

Exemplo:

CRAIDY, Carmen Maria. Metodologia da Pesquisa Social. Porto Alegre: UFRGS, 2006. (Comunicação oral).

PARTES DE DOCUMENTOS

Capítulos de livro:

a) autoria diferente da autoria do livro no todo

SOBRENOME, Prenome (autor do capítulo). Título. In: SOBRENOME, Prenome (autor da obra no todo). Título. Local: Editora, ano. pág. inicial e final.

Exemplo:

SCHWARTZMAN, Simon. Como a Universidade Está se Pensando? In: PEREIRA, Antonio Gomes (Org.). Para Onde Vai a Universidade Brasileira? Fortaleza: UFC, 1983. P. 29-45.

ou

CECCIM, Ricardo Burg. Exclusão e Alteridade: de uma nota de imprensa a uma nota sobre a deficiência mental. In: EDUCAÇÃO e Exclusão: abordagens sócio-antropológicas em educação especial. Porto Alegre: Mediação, 1997. P. 21-49.

b) autoria igual à autoria da obra no todo

SOBRENOME, Prenome. Título do capítulo. In:______. Título (do livro no todo). Local: Editora, ano. Cap. nº (se houver) nº de pág. inicial e final.

Exemplo:

GADOTTI, Moacir. A Paixão de Conhecer o Mundo. In:______. Pensamento Pedagógico Brasileiro. São Paulo: Atlas, 1987. Cap. 5, p. 58-73.

Artigo de revista

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo do artigo. Título do periódico, local, volume, fascículo, página inicial e final, mês* e ano.

Exemplo:

SAVIANI, Demerval. A Universidade e a Problemática da Educação e Cultura. Educação Brasileira, Brasília, v. 1, n. 3, p. 35-58, maio/ago. 1979.

Artigo de jornal

SOBRENOME, Prenome. Título do artigo. Título do jornal, local, dia, mês e ano. nº ou título do caderno, seção ou suplemento, página inicial e final.

Exemplo:

AZEVEDO, Dermi. Sarney Convida Igrejas Cristãs para Diálogo sobre o Pacto. Folha de São Paulo, São Paulo, 22 out. 1985. Caderno econômico, p. 13.

ou

LEAL, L. N. MP Fiscaliza com Autonomia Total. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 3, 25 abr. 1999.

Fascículo do periódico

a) com título específico

TÍTULO DO PERIÓDICO.  Título do fascículo, Suplemento ou nº especial.  Local: Editor, nº do volume, nº do fascículo, mês e ano.  nº de pág. (opcional) Tipo de fascículo (suplemento).

Exemplo:

EDUCAÇÃO & REALIDADE.  Porto Alegre: UFRGS/FACED, v. 26, n. 2, jul./dez. 2001. Tema do fascículo: Pedagogia, docência e cultura.

b) sem título específico

TÍTULO DO PERIÓDICO.  Local: Editor, nº do volume, nº do fascículo, mês e ano.  nº de pág. (opcional).

Exemplo:

CIÊNCIA HOJE.  São Paulo: SBPC, v. 5, n. 27, nov./dez. 1995.

Trabalho apresentado em congresso

SOBRENOME, Prenome (autor do trabalho).  Título: subtítulo. In: NOME DO CONGRESSO, nº., ano, local de realização.  Título.  Local de publicação: Editora, ano. Páginas inicial e final do trabalho.

Exemplo:

MOREIRA, A. F. B.  Multiculturalismo, Currículo e Formação de Professores.  In: SEMINÁRIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA, 2.,  1998, Santa Cruz do Sul.  Anais ...  Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1998. P. 15-30.

ou:

MALAGRINO, W. et al. Estudos Preliminares sobre os Efeitos de Baixa Concentrações de Detergentes... 1985. Trabalho apresentado no 13. Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, Maceió, 1985.

Legislação publicada em Diário Oficial

JURISDIÇÃO, Lei nº ......, data. Ementa. Nome da publicação, local, volume, fascículo, página inicial e final, data da publicação.

Exemplo:

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996.Seção I, p. 27834-27841.


* Tradução: quando for documento traduzido, colocar a expressão ‘Tradução por’ ou ‘Tradução de’ seguida do nome do tradutor, logo após o título da obra.

** Edição: indicar, a partir da segunda edição, logo após o título da obra, em algarismo arábico seguida de espaço e da abreviatura da palavra edição.  Ex.: 2. ed., 2. ed. rev.

*** Não recomendado o seu uso como fonte científica ou técnica de pesquisa pelo seu caráter efêmero, informal e interpessoal.

 

 


CITAÇÕES NO DOCUMENTO

TIPOS DE CITAÇÃO

 

citações: Menção de uma informação extraída de outra fonte

citação de citação: Citação direta ou indireta de um texto em que não se teve acesso ao original.

citação direta: Transcrição textual de parte da obra do autor consultado.

citação indireta: Texto baseado na obra do autor consultado.

notas de referência: Notas que indicam fontes consultadas ou remetem a outras partes da obra onde o assunto foi abordado.

notas de rodapé: indicações, observações ou aditamentos ao texto feitos pelo autor, tradutor ou editor, podendo também aparecer na margem esquerda ou direita da mancha gráfica.

notas explicativas: Notas usadas para comentários, esclarecimentos ou explanações, que não possam ser incluídos no texto.

 

REGRAS PARA CITAÇÃO

(trechos selecionados da norma NBR 10520)

 

1- Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor, pela instituição, responsável ou título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas e, quando estiverem entre parênteses, devem ser letras maiúsculas.

Ex:

A ironia seria assim um forma implícita de heterogeneidade mostrada, conforme a classificação proposta por Authier-Reiriz (1982)

 

"Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia [...]"

(DERRIDA, 1967, p. 293).

 

2- Especificar no texto a(s) páginas, volume(s), tomo(s) ou seção(ões) da fonte consultada, nas citações diretas.

Ex:

Houve sol, e grande sol, naquele domingo de 1888, em que o Senado votou a lei, que a regente sancionou [...] (ASSIS, 1994, v. 3, p. 583).

 

3- As citações diretas, no texto, de até três linhas, devem estar contidas entre aspas duplas. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação.

Ex:

Barbour (1971, p. 35) descreve: "O estudo da morfologia dos terrenos [...] ativos [...]"

 

4- As citações diretas, no texto, com mais de três linhas, devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, com letra menor que a do texto utilizado e sem as aspas. No caso de documentos datilografados, deve-se observar apenas o recuo.

 

5- Símbolos: devem ser indicadas as supressões, interpolações, comentários, ênfase ou destaques, do seguinte modo:

a) supressões [...]

b) interpolações, acréscimos ou comentários: [ ]

c) ênfase ou destaque: grifo ou negrito ou itálico.

 

6- Quando se tratar de dados obtidos por informação verbal (palestras, debates, comunicações, etc...), indicar, entre parênteses, a expressão informação verbal, mencionando-se os dados disponíveis, em nota de rodapé.

Ex:

O novo medicamento estará disponível até o final deste semestre (informação verbal)1

 

7- Para enfatizar trechos da citação, deve-se destacá-los indicando esta alteração com a expressão grifo nosso entre parênteses, após a chamada da citação, ou grifo do autor caso o destaque já faça parte da obra consultada.

Ex:

"[...] para que não tenha lugar a produção de degenerados, quer physicos quer morais, misérias, verdadeiras ameaças à sociedade ." (SOUTO, 1916, p. 46, grifo nosso).

 

"[...] b) desejo de criar uma literatura independente, diversa, de vez que, aparecendo o classicismo como manifestação de passado colonial. [...]" (CÂNDIDO, 1993, v. 2, p. 12, grifo do autor).

 

8- Quando a citação incluir texto traduzido pelo autor deve-se incluir, após a chamada da citação, a expressão tradução nossa, entre parênteses.

Ex:

"Ao fazê-lo pode estar envolto em culpa, perversão, ódio de si mesmo [...] pode julgar-se pecador e identificar-se com seu pecado." (RAHNER, 1962, v. 4, p. 463, tradução nossa).

 

SISTEMA AUTOR-DATA (tem também o sistema numérico)

 

9- Quando houver coincidência de sobrenomes de autores, acrescentam-se as iniciais de seus prenomes: se mesmo assim existir coincidência, colocam-se os prenomes por extenso.

Ex:

(BARBOSA, C., 1958) e (BARBOSA, O., 1959)

ou

(BARBOSA, Cássio, 1965) e (BARBOSA, Celso, 1965)

 

10 - As citações de diversos documentos de um mesmo autor, publicados num mesmo ano, são distinguidas pelo acréscimo de letras minúsculas, em ordem alfabética, após a data e sem espaço conforme a lista de referências.

Ex:

De acordo com Reeside (1972a)

 

11- As citações indiretas de diversos documentos da mesma autoria, publicados em anos diferentes e mencionados simultaneamente, tem as suas datas separadas por vírgula.

Ex:

(DREYFUSS, 1989, 1991, 1995)

 

12 - As citações indiretas de diversos documentos de vários autores, mencionados simultaneamente, devem ser separadas por ponto-e-vírgula, em ordem alfabética.

Ex:

Ela polariza e encaminha, sob a forma de "demanda coletiva", as necessidades de todos (FONSECA, 1997; PAIVA, 1997; SILVA, 1997).

Tags :ABNT
Última atualização em Sex, 25 de Fevereiro de 2011 00:45  


A sua escola tem (tinha) muito "decoreba"?
 

Selecione uma palavra-chave

Sugerir um link

Clique aqui para enviar um link que você gosta