tecnologia na educação

Precisamos proteger a ideia da educação pública, diz Jorge Larrosa
Em busca da democracia
Sex, 09 de Outubro de 2015 11:15, Escrito por Rodrigo Travitzki

O professor da Universidade de Barcelona Jorge Larrosa é um autor conhecido entre educadores brasileiros. Nesta entrevista, ele fala sobre a antiga ideia de educação pública com escola igual para todos, em contraste com o estado atual das coisas, onde o público vem dando lugar ao privado. Não se trata de opor o estatal ao particular, o governo ao indivíduo. É mais complicado que isso.

O interesse público, diz ele, não é simplesmente um equilíbrio dos interesses particulares, mas algo de todos. Assim é (idealmente) na democracia e assim deve ser na educação, acredita. Mesmo a escola particular, por ser escola, presta um serviço público, é de interesse público.

Leia mais...
Pra que serve a educação? Vídeo de Noam Chomsky
Princípios filosóficos
Qui, 09 de Agosto de 2012 07:50, Escrito por Rodrigo Travitzki

O linguista e ativista Noam Chomsky fala sobre duas formas diferentes de se responder à pergunta "pra que serve a educação", e também comenta sobre o impacto das novas tecnologias.
Vale a pena conferir (as legendas estão em espanhol, mas dá pra entender bem).



Escola pública acusada de vigiar alunos via notebook - panóptico digital
Denúncias
Seg, 22 de Março de 2010 12:27, Escrito por Rodrigo Travitzki

Saiu no Jornal Nacional (19/2) a notícia de que uma escola pública americana distribuiu notebooks aos alunos, que estariam sendo usados como forma de vigilância. Os alunos perceberam que a luz da câmera acendia de vez em quando. Qualquer semelhança com o panóptico não é mera coincidência.

Diz o portal da Globo:

"A distribuição de 2,3 mil computadores a alunos de escolas públicas em uma região do estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, transformou-se numa discussão sobre os limites da privacidade. Os laptops distribuídos pelo distrito escolar de Lower Marion aos matriculados no ensino médio contêm uma câmera que pode ser acionada por controle remoto. A partir de uma suspeita de vigilância indevida, o caso acabou na Justiça.

Leia mais...