papel do professor

Qual é o papel do professor em tempos de polêmicas políticas?
Em busca da democracia
Sex, 15 de Abril de 2016 19:47, Escrito por Rodrigo Travitzki

Há quem acredite que o professor não pode interferir em política, pois sempre acaba puxando a sardinha pro seu lado. Acho que esse ponto de vista tem uma visão muito restrita do que é política e/ou do que é professor. A política se faz com atos cotidianos, não apenas posições partidárias. E o professor é muito mais do que um transmissor neutro de conteúdos, ele é um exemplo de ser humano, de preferência um excelente exemplo.

O professor, como qualquer outro ser humano, é um ser político, a diferença é que ele precisa ter certos cuidados enquanto "professa". Ele precisa ensinar o aluno a pensar por si próprio, ouvir os outros, entender e ser entendido. Em termos afetivos, o aluno precisa gostar de se expressar e de entender os outros, o que tem tudo a ver com o modo como se opera no cotidiano. Sendo assim, mesmo quando discorda veemente de uma opinião do aluno (ainda por cima mal formulada!), um bom professor talvez perguntasse: "não entendi bem, você pode explicar melhor?". Depois elogiaria a melhor clareza da opinião e perguntaria, então, a opinião da classe. E a conversa continuaria, ampliando nos alunos a capacidade de compreensão de si, do outro e do mundo.

Leia mais...
Para que serve a escola?
Princípios filosóficos
Seg, 09 de Setembro de 2013 23:55, Escrito por Rodrigo Travitzki

Entrevista do professor Vitor Paro no SPTV com diversos comentários interessantes sobre o papel da escola e da educação. Não precisa concordar com tudo, mas vale a pena dar uma olhada.

Leia mais...
A educação é uma ciência? trechos de Anísio Teixeira
Princípios filosóficos
Ter, 15 de Março de 2011 16:02, Escrito por Rodrigo Travitzki

Em minhas recentes pesquisas deparei com estes belos trechos que resolvi compartilhar com vocês. Estão no livro "Educação e o mundo moderno", de Anísio Teixeira (ao lado).

Em que medida a educação pode ser considerada uma ciência? O que é exatamente ciência? Hoje em dia tentamos modernizar tudo, aceitamos qualquer gráfico que pareça científico como se fosse verdade e não fazemos isso à toa. Afinal, a ciência fez o homem dominar o átomo e ir pra Lua, não há porque duvidar dos cientistas.

Por outro lado, ciência é só uma palavra que nos dá a impressão de que milhares de pessoas em diversos momentos da história estavam (e estão) fazendo, no fundo, a mesma coisa. Mas, principalmente em tempos de predomínio do discurso científico, todos que puderem utilizarão este rótulo, alguns com cartas na manga, outros blefando. A questão não é simples, mas nada como uma boa leitura para arejar um pouco as ideias...
Leia mais...
Qual é o papel do professor na era da internet?
O educador
Sex, 18 de Setembro de 2009 11:49, Escrito por Rodrigo Travitzki

Um computador pessoal com acesso a internet é o símbolo da revolução na estrutura e distribuiçao dos saberes entre os homens.

O difícil agora não é chegar até o conhecimento. É reconhecê-lo, distinguir a informação no meio de todos os ruídos que brilham diante de nossos olhos. Apenas ignorar o brilho já é difícil. Outro obstáculo é o tempo. Não é fácil penetrar fundo no conhecimento, silenciando sua própria voz, esperando, trabalhando, sem pressa. Como ler um longo livro pelo prazer de sentir sua alma sendo modificada. Isso requer tempo, esforço.

Na internet há muitas respostas. Talvez isto signifique que o professor deva se aprimorar na arte de fazer perguntas (como Sócrates nos diálogos de Platão). Mas a discussão vai longe...

Leia mais...
Para que serve um professor? Texto de Mauricio Mogilnik
O educador
Qua, 26 de Agosto de 2009 11:12, Escrito por Rodrigo Travitzki

Poderíamos dizer que o professor de Biologia é o responsável pela transmissão dos conceitos, princípios e métodos que fazem parte da tradição cultural de sua disciplina. Não haveria maiores problemas se estivéssemos ainda imersos numa tradição cultural oral.

Mas, neste final de século 20, como as informações já estão nos manuais, nos vídeos, nas revistas e nos computadores o professor de Biologia, como transmissor de conhecimentos, é pouco eficiente, senão inútil. Como eu não gosto da idéia de ser inútil, vamos tentar de outra forma.

Leia mais...
O que move o educador? Imagine um país bem educado...
Por que educar?
Sex, 06 de Fevereiro de 2009 00:53, Escrito por Rodrigo Travitzki

O que move o educador? A necessidade, a competência, os alunos, os ideais. E no Brasil, especialmente a imaginação.

Se o Brasil já é um país tão admirável, imagine quando todos tiverem uma boa escola. Imagine um país onde você não tem medo de andar na rua e gosta de conversar com o faxineiro sobre política. Imagine um país onde as pessoas exalam o sentimento de coletividade diariamente, não apenas no natal ou carnaval.

Nada muito idealizado, claro, se não a imaginação acaba nos afastando da realidade.
Leia mais...
Educar para a saúde
Por que educar?
Dom, 18 de Janeiro de 2009 18:00, Escrito por Rodrigo Travitzki

Saúde, como sabemos, é um dos chamados temas transversais. Isto quer dizer que o bem estar não é assunto apenas para o professor de ciências ou biologia. Muito bem, mas o que isso quer dizer? Cada área do conhecimento tem diferentes contribuições, e os professores precisam se esforçar em reorganizar saberes em torno destes conceitos nucleadores (que devem ser os temas transversais). Mas para além das disciplinas e áreas, a escola talvez possa contribuir de maneira mais ampla para a saúde.

Veja este trecho da reportagem "Pessoas organizadas vivem mais, indica estudo"

Leia mais...