olhar ecológico

Água virtual: o que é? Existe mesmo? Como calcular?
Material didático/ pedagógico
Seg, 24 de Agosto de 2009 22:35, Escrito por Rodrigo Travitzki

Fiz um apanhado geral de informações sobre a tal da "água virtual", um conceito novo que, ao que parece, será muito falado pelos ecologistas e muito praticado pelos economistas. Para quem quiser entender melhor a idéia, leia um pouco sobre Pegada Ecológica, Capacidade de suporte ou Visão Sistêmica da natureza.

Leia mais...
O que é feedback? Qual é a diferença entre o positivo e o negativo?
Filmes e imagens
Seg, 13 de Julho de 2009 02:21, Escrito por Rodrigo Travitzki

Esta é uma palavra muito usada hoje em dia. "Me dá um feedback" quer dizer "me diz se você gostou ou não". Daí vem o ibope, as pesquisas de opinião, os formulários de reclamação, ou mesmo o "retorno" dos músicos - que é uma caixa de som virada para os músicos, aqueles que produzem o som. No feedback, o produto volta para quem o produziu. Ou seja, em outras palavras, o efeito interfere sobre a causa (uma espécie de anomalia na relação causal linear, onde a causa vem sempre antes da consequência).

Embora a palavra seja de origem inglesa, está se incorporando cada vez mais no vocabulário comum. Poderia ser traduzido como "retroalimentação" ou "efeito retroativo".

Fiz a imagem abaixo com o propósito de explicar o conceito e os tipos de feedback. A idéia é que ela seja auto-explicativa...

feedbacks

Deixo então, pra você, a resposta em forma de imagem. Quem tiver apreço exclusivo pelas letras pode ler uma explicação aqui.

Como a evolução pode ser relacionada com ecossistema e complexidade?
Trabalhos Escolares
Sex, 14 de Novembro de 2008 19:19, Escrito por Marco luppi e Olivia Lui

A evolução das espécies pode ser analisada de um ponto de vista meramente factual, só olhando para um individuo e sua espécie em particular. Deste modo podemos aumentar o detalhamento da evolução da espécie, e chegar a respostas sobre como o corpo funciona do ponto de vista bioquímico, analisando a fundo uma imensa gama de processos e todas suas funcionalidades dentro e fora do individuo.

Porém, ao analisar deste jeito perdemos de vista como foi e ocorre o processo evolutivo de bio seleção, já que quando uma espécie evolui, algo muda no seu corpo ou na maneira de agir, e pode afetar de maneiras imprevisíveis o seu nicho ecológico. Com isso não só se afeta uma espécie em particular, mas todas que freqüentam o mesmo habitat. Isso pode causar a curto e longo prazo uma mudança na ordem do nicho, e assim podendo levar as espécies ou a sumirem ou entrarem em um processo evolutivo, na tentativa de se adaptar a nova condição imposta.

 

Leia mais...
Como as interações ecológicas do homem são permeadas pela sua cultura?
Trabalhos Escolares
Qui, 13 de Novembro de 2008 19:10, Escrito por Marina Frúgoli

Com o aumento da população humana que vem ocorrendo pelo menos nos últimos 3 mil anos, o número de parasitas como carrapatos e bichos de pé, assim como o de muitos vírus e bactérias, sendo que estes muitas vezes dependem dos humanos para a sua existência (semelhante ao mutualismo), aumentou drasticamente. Isto faz parte do princípio da dinâmica de populações. Se o número de presas aumenta, o número de predadores o acompanha. A espécie humana não possui nenhum predador que seja significativo ou que apresente reais riscos de diminuição da população, pois os animais selvagens que representavam perigo quando a espécie humana estava surgindo, hoje já foram domados. Porém, os parasitas apresentam um risco considerável.

Leia mais...
Agricultura familiar: volta ao passado ou visão de futuro?
Polêmicas
Qua, 11 de Junho de 2008 17:36, Escrito por Rodrigo Travitzki

Como muitos, o debate sobre a agricultura familiar tende a se polarizar em torno de idéias exageradas da realidade. Para alguns seria a grande solução das questões sociais e ecológicas, enquanto outros a consideram um atraso, uma negação à ciência e ao desenvolvimento, um idealismo ingênuo.

Leia mais...
A carta do chefe Seattle ao presidente Franklin Pierce realmente existiu?
Polêmicas
Qui, 29 de Maio de 2008 00:21, Escrito por Rodrigo Travitzki

Em muitos meios de comunicação, incluindo materiais didáticos e "portais confiáveis" (lembrando que nenhuma fonte de informações é absolutamente confiável), encontramos uma carta supostamente escrita por um chefe indígena. Esta carta é utilizada para fazer as pessoas "entenderem", ou "sentirem", o que muitos chamam de "consciência ecológica".

Leia mais...
Aquecimento global e complexidade
Polêmicas
Qui, 01 de Maio de 2008 19:34, Escrito por Rodrigo Travitzki

Mais uma lenha na fogueira do aquecimento global. Embora estejam todos tratando a questão como resolvida, especialistas alemães discordam, segundo a BBC.

"A temperatura da Terra deve se manter estável na próxima década devido à aproximação de ciclos climáticos mais frios, segundo previsões feitas por especialistas alemães

De acordo com a pesquisa, publicada pela revista Nature, a justificativa para esta conclusão, que contraria previsões de que o planeta teria entrado num processo irreversível de aquecimento, se encontra no ciclo natural das temperaturas do oceano Atlântico Norte.

Conhecido como Oscilação Multidecadal do Atlântico, o fenômeno altera as temperaturas da superfície do mar, influenciando as correntes marítimas que levam calor dos trópicos à Europa.

Segundo os especialistas, o fenômeno, que ocorre num intervalo de 5 a 8 décadas poderia explicar por que as temperaturas elevaram-se no início do século passado voltando a se resfriar nos anos 40."

E agora?

A Terra vai esquentar ou não? Em qual especialista devemos acreditar? Os cientistas não deveriam saber as respostas e chegar num consenso? O IPCC não é o infalível oráculo de Delfos? E o coelhinho da páscoa, como vai?

Pois é. Essa é a lição que a complexidade tem pra dar à ciência. Modelos matemáticos são apenas modelos matemáticos. A realidade tem sempre a última palavra.

E nos sistemas complexos há feedbacks e não linearidades que dificultam a previsão.

Ou seja: a questão do aquecimento global, longe de estar resolvida, continua sendo uma questão.