ensino médio

Entenda a Reforma do Ensino Médio e suas consequências
Políticas públicas de educação
Seg, 13 de Março de 2017 11:42, Escrito por Rodrigo Travitzki

Como tantas outras iniciativas do governo federal, a Reforma do Ensino Médio foi aprovada a toque de caixa (como Medida Provisória), mesmo sendo bastante controversa entre professores e especialistas em políticas públicas. A sociedade como um todo ainda não se deu conta do verdadeiro teor do projeto, provavelmente porque foi aplicada uma boa maquiagem nele.

Por exemplo, o projeto fala sobre flexibilização do currículo no Ensino Médio, o que parece uma ótima ideia. Contudo, quando se lê o documento, percebe-se que não é o aluno que terá flexibilidade de escolha, mas sim a rede de ensino. O mais provável, levando ainda em conta a lei do teto de gastos, é que as redes diminuam as ofertas de cursos disponíveis aos alunos. Em outras palavras, o que se está chamando de flexibilidade será, na verdade, empobrecimento e estreitamento curricular.

Leia mais...
Poligremia Estudantil
Utopia e cotidiano: buscando práticas idealistas
Qua, 23 de Novembro de 2011 17:56, Escrito por João, Nathan e Pedro

1- INFORMAÇÕES GERAIS

A Poligremia Estudantil é um coletivo de grêmios secundaristas de colégios públicos e privados da cidade de São Paulo. Contando com cerca de doze colégios, os membros desse coletivo têm a possibilidade de organizar eventos culturais, discussões e lutas políticas de forma a envolver estudantes de diferentes perfis e idades.

Apesar de haver uma variedade no perfil dos alunos, a unidade se consolida pela compreensão de todos os envolvidos quanto à necessidade de se tomar partido frente às desigualdades presentes no mundo. De forma que também há a compreensão de que este espaço não será determinante para realizar tais mudanças, mas é de grande importância dada a sua capacidade de mobilização.

Leia mais...
ENEM pode dar certificado de Ensino Médio a mais de 100 mil pessoas
Políticas públicas de educação
Dom, 30 de Janeiro de 2011 22:52, Escrito por Rodrigo Travitzki

Desde 2009 o ENEM serve como certificado de conclusão do Ensino Médio, mesmo para quem nunca frequentou uma escola. O direito à educação informal já estava na constituição, mas ainda não tinha sido implantado. Este ano mais de 110 mil pessoas poderão obter esta certificação, segundo o Uol Educação. Quem quiser saber se está nesta lista, pode ver no site do Inep.

Prerrequisitos para obter o certificado: ser maior de 18 anos, ter feito pelo menos 400 pontos nas provas e 500 na redação. A emissão dos certificados fica por conta das secretarias estaduais e alguns institutos federais. Veja as orientações do Inep sobre a certificação.